Artist Header
Simples! É o que qualquer pessoa pensa quando começa a falar com o Alírio (Marques Oliver). Rapidamente, a opinião muda quando começa a fazer a sua oratória, atrás de qualquer cabine. De simples passa a complexo e de complexo passa a alguém que mostra a cada passagem o porquê de fazer o que faz desde 1996. Marques Oliver começou o seu percurso como artista em 1996, quando, apaixonado pelo que sentiu na cultura Underground que na altura era bem forte em Lisboa, decidiu que era este o caminho que queria seguir. - "Investi em dois technics, comprei uma numark de 2 canais ranhosa, porque os 12" levaram-me quase o dinheiro todo, e umas colunas que nem me lembro do nome, era o paraíso no meu quarto, os meus pais ficavam malucos". Em 1997 decidiu subir outro degrau e aprender toda a técnica que os outros lhe podiam oferecer, inscreveu-se na Dj School, primeira escola de djing em Portugal, onde foi um dos três finalistas e onde adapta o nome que iria manter até 2012, Deejay All. Em 1998 tem a oportunidade de tocar no mítico "Kremlin" e no "Coconuts Beach Club". Após essa atuação consegue uma residência num dos melhores Night Clubs e por lá ficou, ganhando prática e evoluindo musicalmente. Nesse tempo, foi sendo convidado para tocar em diversas "rave parties", em “after privados” e partilhando a cabine com nomes como Paulo Leite, X-Man, Xl-Garcia entre outros. Em 2005 toca no Alcântara Club onde recebe novo convite para tocar na passagem de ano 05/06. Sempre ambicionando mais, em 2012, decide subir mais um degrau, e inscreve-se na ProDj para tirar um curso de Dj/Produtor e logo cedo começa a deixar a sua marca com a produção de "Balearic Luv" juntamente com Mikie Wilde, prontamente editada pela Perception Music. Produção esta que chegou ao Top 100 do Beatport & Juno Chart. Neste período dá-se o inicio do fim do Deejay All. Com o aparecimento da All Productions onde se dá inicio a uma trilogia de festas, as Terrace Sessions, e o posterior convite de vários clubs, "Kamassutra Bar", "Casa da Praia", "Bassment", "The Warehouse Lisbon", "Estado Liquido", "Puro Vício"... - "Cheguei a uma nova fase da minha carreira, o Deejay All já fez o que tinha a fazer, e já é altura do Marques Oliver aparecer". E é pela mão de Marques Oliver que se inicia este novo ciclo. Com um vinil prestes a sair e com a atual colaboração com Jorge Campino em MODULE 23, a história ainda promete ser longa e o futuro próspero. - "É música electrónica. Desde o deep ao techno, e sempre numa vertente mais deep mesmo no techno, é a minha assinatura. Só sei que quando me entrego à música, é para viajar, é para ir para onde a música me leva, sabes? Não tenho tela, mas é arte na ponta dos dedos, é o que eu sinto quando oiço os primeiros tons." Nada simples, nada simples.

My Mixes

Browse my Mixes

  • pub

    Azure
  • pub

    i4dj
  • SOCIAL PROFILES

    • image
    • image
    • image
    • image
  • Canal nº 666615 – DJTV no MEO Kanal